Nesta edição abordamos sobre recomendações gerais para segurança no trabalho.

Converse com o técnico ou responsável pela SST de sua empresa e veia quais medidas devem ser adotadas para sua atividade.

Faça o download clicando aqui.

 

Olá, seja bem-vindo a esta edição do nosso boletim semanal.

 Até agora conhecemos algumas coisas importantes:

Direitos e deveres do trabalhador quanto a segurança e saúde no trabalho

Equipamentos de proteção individual e coletivos

Responsabilidades da empresa quanto a segurança e saúde no trabalho

Entre outras coisas.

 

A partir deste boletim, você irá conhecer algumas recomendações de segurança que podem e devem ser aplicadas no seu dia a dia. Separamos em 4 grupos de recomendações:

Medidas relacionadas às Máquinas e Equipamentos

Medidas relacionadas aos Processos

Medidas relacionadas ao Ambiente

Medidas relacionadas ao Comportamento humano

 

Vamos conhecer algumas recomendações para o trabalho com máquinas e equipamentos.

Ao trabalhar com computadores, notebooks ou outros, evite que cabos fiquem estendidos no chão, causando risco de queda;

Desligue máquinas e equipamentos quando não utilizados, principalmente ao final de cada expediente. Lembre-se de manter todos os painéis elétricos devidamente sinalizados e fechados. Quando perceber que o painel elétrico não está com o fechamento adequado, solicite o conserto o mais breve possível.

As máquinas e equipamentos são necessários para diversos trabalhos nas empresas, tanto de grande como as de pequeno porte. Portanto, a operação requer parâmetros básicos de uso. As boas práticas vão desde a atenção ao executar trabalhos até o uso dos EPIs. Muitas delas são cortantes, pesadas e têm outras características que, se não forem respeitadas, representam sérios riscos. Saiba que é extremamente proibido fazer consertos, lubrificações e ajustes com máquinas e equipamentos em funcionamento. As proteções fixas e móveis, os sistemas de intertravamento e outros dispositivos de segurança são importantes para evitar acidentes, lembre-se de nunca as remover. Antes de realizar qualquer tipo de operação com máquinas e equipamentos em funcionamento é necessário o desligamento de forma que não ocorra o acionamento acidental por parte de outro colaborador. Por isso, sinalize e isole os comandos. Tais operações de inserção e operação são permitidas para determinadas máquinas, onde o manual do fabricante o recomende, sendo feita por profissional qualificado e/ou habilitado e treinado de acordo com a NR-12 sempre, seguindo o procedimento de segurança estabelecido para cada equipamento. Se você não entende do equipamento, sistema ou registro ou qualquer dispositivo e/ou não for autorizado, não se arrisque, pois poderá causar um acidente em você e/ou em outros colegas de trabalho. Inspecione sua ferramenta e/ou equipamento diariamente; procure mantê-las em bom estado de conservação e funcionamento. Se você for utilizar uma máquina e/ou equipamento e estas apresentarem e/ou estiverem gastas, mau funcionamento ou mesmo defeituosas, substitua-as ou solicite o quanto antes possível a sua manutenção.

Em oficinas é muito comum fazerem escoramentos de veículos, caminhões, peças. Lembre-se de não improvisar: gambiarras já ceifaram milhares de vidas. Muitos ainda se arriscam a ficar, por exemplo, debaixo do veículo ou caçambas e outras peças e equipamentos, simplesmente escorados.

A pressão do ar em um pneu de caminhão inflado e montado num aro ou roda cria uma energia explosiva. Esta pressão pode ocasionar a explosão do pneu com uma força tão grande que se a pessoa for atingida por um componente de aro ou pneu, pode morrer ou ficar seriamente ferida. Lembre-se de conhecer a calibração adequada do equipamento e jamais deixar os olhos próximos ao equipamento enquanto ele estiver calibrando. Lembre-se de utilizar gaiola de proteção, pois isso vai ajudar a evitar um grave acidente.

Caso haja na sua empresa a movimentação de equipamentos acima de sua cabeça, tais como o uso de braços mecânicos ou talhas, lembre-se que somente profissionais qualificados podem realizar operação destes equipamentos. Mas é muito importante que jamais você permaneça debaixo da carga enquanto houver a movimentação. Já houve casos de queda de peças, equipamentos e até a própria matéria-prima elevada provocando esmagamentos. Lembre-se: segurança é a prioridade.

 

Converse sempre com o responsável pela segurança em sua empresa para que vocês, juntos, possam colocar na prática essas e demais medidas de controle de acidentes e incidentes.

Para continuar acompanhando mais sobre segurança e saúde no trabalho, acesso nosso blog em estudyou.com. Nos encontramos no próximo boletim.

Comentários

Mais do blog

Reputação passa a ser o segundo quesito mais valorizado nas empresas

Ler mais...

Reputação passa a ser o segundo quesito mais valorizado nas empresas

Ler mais...

Só um terço da jornada de trabalho é de “trabalho de verdade”

Ler mais...

Pesquisas traçam panoramas do trabalho feminino

Ler mais...